O Evento

O Encontro Mineiro de Equações Diferenciais (EMED) tem se consolidado nos últimos anos como o maior encontro de pesquisadores da área de equações do Estado de Minas Gerais. Durante os últimos anos, o EMED tem se firmado como uma grande oportunidade de encontro entre pesquisadores, possibilitando divulgação de resultados de pesquisa, troca de informações e disseminação do conhecimento na área de equações diferenciais em nosso estado.

Apresentamos a seguir um breve histórico do evento. O precursor do Encontro Mineiro de Equações Diferenciais (EMED) foi o I Workshop sobre Equações Diferenciais, sediado na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) em outubro de 2006, reunindo pesquisadores das universidades mineiras que atuam na área de Equações Diferenciais. Dando sequência ao referido Workshop, em outubro de 2007 ocorreu o II EMED na Universidade Federal de Lavras (UFLA). No ano de 2008 o encontro não ocorreu, mas a partir deste ano, passou a ser realizado anualmente, tradicionalmente no mês de outubro. A Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) sediou o III EMED em Itajubá, no ano de 2009. O IV EMED ocorreu em Juiz de Fora e foi promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O V EMED foi organizado pela Universidade Federal de Minas de Gerais no ano de 2011 e em outubro de 2012 foi realizado, na Universidade Federal de Ouro Preto, o VI Encontro Mineiro de Equações Diferenciais (VI EMED). Durante o VI EMED, a Universidade Federal de Viçosa foi escolhida para sediar o VII Encontro Mineiro de Equações Diferenciais nos dias 22, 23 e 24 de agosto de 2013.

O Departamento de Matemática (DMA) da Universidade Federal de Viçosa (UFV) foi criado em 1969 e o Curso de Matemática da UFV foi autorizado em 1971, com habilitações em Bacharelado e em Licenciatura. O curso é reconhecidamente de excelência no país, sempre obtendo os melhores índices nas avaliações do MEC e tem formado profissionais qualificados que vêm atuando no ensino e pesquisa em matemática.

Desde 2008, o DMA oferece um Programa de Mestrado Acadêmico em Matemática. O programa tem única área de concentração Matemática, com as linhas de pesquisa: Álgebra, Análise, Geometria e Topologia e Matemática Aplicada.

Atualmente, o DMA tem em seu quadro docente 36 professores, a maioria deles envolvidos em projetos de ensino, pesquisa ou extensão.